quarta-feira, 19 de julho de 2017

Um potinho de felicidade


A estudante de arte, Nathália Alkmin, de São José dos Campos, está encantando crianças e adultos com as suas miniaturas.
Eu a conheci na feirinha, que acontece todos os domingos, no Parque Vicentina Aranha. Fomos apresentadas por uma amiga em comum, a artesã Flavia Flores.
Aconteceu ao acaso, mas na hora certa.



No dia em que nos encontramos era a despedida de Nathália da feirinha.
Ela conseguiu um estágio na sua área e não estava conseguindo conciliar os dois compromissos.
Jovem e determinada, a Nathália abandonou a carreira de bióloga para iniciar outra no mundo das artes.
Ela me contou que desde criança gostava muito de brincar de massinha e foi incentivada pela avó, que morava em Guará.
Na hora de criar suas peças, sempre preferia imagens pequenas e caprichava nos detalhes.
Para Nathália, a sua arte serve para trazer felicidade às pessoas. “Um potinho de felicidade”, como disse.

- Gosto de ver a surpresa nos olhos das pessoas. Se elas param para olhar e de alguma forma a minha arte mexe com elas, eu sinto que cumpri o meu objetivo.
Participar das feirinhas é algo que ela considera mágico porque consegue sentir a reação das pessoas.
- Outro dia, uma senhora viu um dos meus colares, com a miniatura de uma rosa dentro do vidro, lembrou o livro O Pequeno Príncipe e começou a me contar as histórias da sua infância. Gosto de saber que as minhas peças despertam sentimentos.


Algumas peças criadas por Nathália remetem ao universo infantil, como os super heróis e as princesas dos contos de fada, por isso, a sua barraquinha está sempre cercada por crianças.
Ela sabe que criança é muito exigente e procura fazer os personagens com muito cuidado, mas nem todos vão até a barraquinha para ver as peças.
“Uma vez um menininho ficou olhando as miniaturas e disse: - Gostaria de colocar você dentro desse potinho”. Eu fiquei roxa de vergonha e depois acabei rindo.


Jovem, com uma expressão doce no olhar, Nathália passa a impressão de ser tão delicada quanto as suas peças.

Delicada, mas determinada a seguir com a sua arte de encantar e trazer felicidade para todos à sua volta.